26/10/2012

Onde está o barulho?

O seu vizinho é barulhento? Cuidado ao julgar isso, pois os barulhos podem ser fruto da sua imaginação! Apesar de ser o campeão das reclamações em condomínios, os síndicos estimam que 30% das queixas de barulho não passam de engano.

O estresse e os ruídos altos das grandes cidades, como buzinas, podem afetar a percepção do silêncio e fazer com que as pessoas escutem barulhos durante a noite.

Os barulhos "imaginários" mais comuns são o arrastar de móveis ou saltos de sapato batendo no chão, madrugada adentro.

Nesses casos, cabe ao síndico inspecionar os apartamentos, em busca da fonte dos barulhos. E caso comprove-se que o "reclamão" não está correto, ele pode ser multado por perturbação do sossego.

Na dúvida, o síndico pode convocar uma assembleia extraordinária para que os condôminos julguem os fatos, após ouvir os envolvidos, para então tomar uma decisão.

Dica: www1.folha.uol.com.br

Mais Notícias